A ActionAid é um movimento global de pessoas que trabalham juntas para promover os direitos humanos e superar a pobreza.

Direitos das Mulheres

No mundo inteiro, as mulheres são as que mais sofrem com a pobreza e a desigualdade. Trabalhamos para fortalecer os direitos das mulheres, apoiando projetos de capacitação, geração de renda, agricultura sustentável e combate à violência contra as mulheres.

Quanto mais pobre uma família, maior a chance dela ser chefiada por uma mulher. No Brasil, um terço das famílias são chefiadas por mulheres. 

Fatores que contribuem para a pobreza e vulnerabilidade da mulher brasileira:

  • Violência Doméstica    

O Brasil ocupa a 12ª posição no ranking mundial de homicídios de mulheres¹. A cada quinze segundos, mais uma mulher é vítima de agressão no país². A Lei Maria da Penha (LMP) é o principal instrumento para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher no Brasil, mas sua eficácia esbarra em obstáculos como a distribuição desigual de delegacias especializadas, e a relutância de profissionais da justiça em garantir a proteção da maioria das mulheres que pedem ajuda.

  • Desigualdade de gênero no mercado de trabalho

Mulheres recebem até 30% a menos por atividades desempenhadas em cargos iguais aos homens. Mulheres negras têm a pior média de renda mensal: R$558.

  • Falta de reconhecimento da mulher agricultora

Em 2006, as mulheres representavam quase metade da população rural do Brasil. Apesar disso, apenas 16% estavam no comando do trabalho agrícola, 37% se ocupavam de atividades agrícolas sem remuneração, e 31,5% declaravam trabalhar até 10 horas por dia – carga incompatível com sua real jornada de trabalho.

  • Pouca representatividade da mulher na política

As mulheres representaram cerca de 20% do total de candidatos no processo eleitoral de 2010 para presidentes, governadores, deputados estaduais e federais e senadores do Brasil. 

O que estamos fazendo

  • Geração de renda

A ActionAid financia projetos de capacitação que ajudam as mulheres a ingressarem no mercado de trabalho, a produzirem e a comercializarem seus produtos.

  • Apoio à mulher agricultora

Através da agroecologia, a ActionAid estimula as mulheres do meio rural a conquistarem seus direitos e sua independência. A agroecologia ajuda a melhorar a alimentação de suas famílias, gera renda e promove maior autonomia para as mulheres agricultoras.

  • Formação política de mulheres

Promovemos oficinas sobre os direitos das mulheres e atividades de intercâmbio de experiências entre mulheres.

  • Cidades seguras para as Mulheres

Serviços públicos de má qualidade, como transporte, iluminação pública, educação, policiamento e moradia, afetam diretamente a vida de milhões de mulheres. E os índices apontam que elas estão cada vez mais vulneráveis: a estimativa é que 1/5 da população feminina brasileira tenha sofrido algum tipo de violência. A ActionAid lançou a campanha Cidades Seguras para as Mulheres, que busca o compromisso do poder público com uma cidade justa e igualitária para todos os gêneros. 

 

¹Mapa da Violência 2010 - Instituto Sangari.

²Pesquisa Avon/Ibope 2009.

³Pesquisa da Fundação Perseu Abramo, 2011.

⁴ Maria do Carmo Leal, Silvana Granado Nogueira da Gama e Cynthia Braga da Cunha na Revista de Saúde Pública da USP.

iCenso Agropecuário 2006.