A ActionAid é um movimento global de pessoas que trabalham juntas para promover os direitos humanos e superar a pobreza.

África do Sul

A África do Sul é um país de diversidade. Lá 11 línguas são reconhecidas oficialmente e entre os líderes comunitários estão rabinos e jogadores de rúgbi. Curandeiros trabalham ao lado de executivos e as casas variam de casebres com lama a palacetes com piscina. No entanto, essas comunidades tão diversas nem sempre tem voz.

A África do Sul tem a maior economia do continente e junto com a China, Brasil, Rússia e Índia compõe o BRICS, grupo de cooperação de países emergentes. No entanto, 14% da população vive abaixo da linha de pobreza e o alto índice de desemprego está associado à escalada da violência.

Na África do Sul, a ActionAid atua em Northern Cape, no município de Joe Morolong, que representa uma área de real pobreza. Na região, apenas 5% da população tem emprego fixo e 78% das famílias vivem em situação de pobreza. O acesso a serviços básicos e infraestrutura é precário, pois não há nenhuma atividade econômica na região exceto a mineração.  O acesso à água é inseguro e não há saneamento básico na região.

O trabalho da ActionAid na região está focado na melhoria do acesso a necessidades básicas, como água, saúde e educação. Além disso, a ActionAid também apoia a capacitação agrícola e o desenvolvimento de meios de geração de renda alternativos. Os direitos das mulheres representam uma parte fundamental do trabalho, já que é essencial que elas tenham voz própria para o desenvolvimento de suas famílias e comunidades.